Gestão fiscal da empresa: qual o papel do dono no acompanhamento?

Gestão fiscal da empresa: qual o papel do dono no acompanhamento?

Todo empreendedor, mesmo terceirizando algumas atividades de sua empresa como, por exemplo, a contabilidade, precisa estar atento ao seu negócio e acompanhar as atividades para que elas tenham sucesso em sua realização. Neste post, você vai entender qual é o papel do dono no acompanhamento da gestão fiscal da empresa, o que ele deve fazer para acompanhar o trabalho do contador e como esse apoio pode fazer toda a diferença para o negócio.

Compreender a importância da área fiscal

Para que o dono acompanhe a gestão fiscal da empresa, ele deve compreender a importância dessa área da organização. Com base nos dados desse departamento é que serão apurados, enviados e feitos os pagamentos dos impostos devidos pela empresa.

A gestão da área fiscal é vital para a organização. Aqui, ocorrem economias produzidas pela elisão fiscal, que é uma forma lícita para o pagamento de menos impostos gerados, por exemplo, pela não incidência de fato gerador ou por compensações e outros benefícios que a empresa possa ter direito.

Quando o dono contrata uma empresa de contabilidade e acompanha os seus serviços, também evita que a sua organização tenha problemas com multas e outras questões administrativas com o fisco. Assim, é possível coibir a saída desnecessária de recursos e dores de cabeça para resolução de pendências.

Entender a emissão de notas fiscais

Alguns empresários simplesmente não compreendem a importância da emissão de notas fiscais ou da regularidade das obrigações acessórias. Portanto, acabam tendo problemas não só com o fisco, mas também com a obtenção de empréstimos, financiamentos e outras questões, pelo fato das informações não refletirem a realidade da empresa.

Assim, é preciso entender que, com os sistemas cada vez mais automatizados e integrados, e com o fisco cada vez mais atuante, a emissão de notas fiscais precisa sempre estar em ordem, refletindo as atividades da empresa perante o fisco e terceiros.

Acompanhar o contador

Acompanhar o contador é outro ponto essencial. Ele pode passar informações importantes como aquelas, por exemplo, relativas à troca do regime tributário da empresa, que podem indicar que é necessário fazer a troca do regime de tributação atual por um que ajuste-se melhor à situação presente do seu negócio, permitindo que se pague menos impostos.

O contador também pode ajudar na gestão da organização propriamente dita, já que ele conhece informações estratégicas e pode auxiliar o dono com o entendimento das demonstrações contábeis e de outros dados relativos a determinados relatórios.

Por fim, o acompanhamento do trabalho executado pelo contador é essencial para que sua empresa esteja sempre por dentro das últimas novidades, a fim de que não fique desatualizada e não corra o risco de ter problemas com multas, juros ou sanções administrativas e outras questões fiscais.

Neste post, você viu qual é a importância do acompanhamento do empresário na gestão fiscal da empresa.

Ou seja, percebeu que é essencial o seu entendimento a respeito do funcionamento do departamento fiscal e compreendeu como a contabilidade e o contador contribuem para a companhia sob diferentes pontos de vista, de modo que esse profissional pode auxiliar o gestor a economizar, gerir o próprio negócio e evitar problemas com o fisco, eliminando desembolsos desnecessários e mantendo sua empresa atualizada.

Comments

comments

Open chat
Powered by