Escrituração contábil: entenda a importância para as empresas

Escrituração contábil: entenda a importância para as empresas

Muitos empresários ainda não se deram conta, mas poderiam evitar uma série de problemas caso dessem a merecida importância à escrituração contábil de sua empresa.

Sendo assim, a escrituração dos livros contábeis não pode se resumir em apenas registrar todos os fatos que modificaram a estrutura patrimonial de sua empresa. Afinal, a principal utilidade desses dados é gerencial, e sua correta aplicação pode ser um diferencial para que a sua empresa consiga vencer a concorrência de mercado.

Ficou interessado no assunto e deseja saber mais sobre a escrituração? Então, este artigo foi desenvolvido especialmente para você. Confira!

Afinal, o que é a escrituração contábil?

A escrituração contábil representa o registro de todas as movimentações econômicas e financeiras que eventualmente aconteceram em uma empresa. Por meio de sua elaboração, é possível criar e analisar as principais demonstrações contábeis, entre elas:

  • Balanço patrimonial;
  • Demonstração do resultado do exercício;
  • Balancete de verificação.

Onde as escriturações contábeis devem ser feitas?

Toda escrituração contábil necessita ser registrada em livros específicos, conforme aponta a legislação vigente. Contudo, existem os livros facultativos, exigidos por leis específicas como a trabalhista e a comercial. Portanto, vamos focar nos 2 principais livros contábeis:

Livro Diário

Refere-se ao livro contábil obrigatório, que registra todas as movimentações existentes em uma empresa, caracterizando-o como a base de toda escrituração contábil para a formulação do balanço patrimonial e da demonstração do resultado.

Neste livro todos os registros seguem uma ordem cronológica e de lançamento, ou seja, desde o primeiro ao último dia de cada período contábil.

Livro Razão

Este livro controla de maneira individual o saldo de todas as contas patrimoniais que foram registradas no Livro Diário. Dessa forma, registra todos os saldos contábeis que ainda possam estar em aberto.

Qual a sua importância para as organizações?

Muitas vezes nos deparamos com os empresários se perguntando o quão necessária é a escrituração contábil na empresa. É apenas uma obrigação legal ou é, de fato, necessária para a gestão?

Ela permite que você, empresário, tenha em mãos as informações patrimoniais, econômicas e financeiras essenciais para o desenvolvimento do seu negócio, como registro dos gastos, dos lucros e dos bens presentes em sua empresa.

Mas, o que isso significa? É muito simples, poder de tomada de decisão! No âmbito empresarial, isso pode ser um diferencial muito importante. Por isso, não vale a pena correr riscos desnecessários; é importante que jamais se esqueça da relevância da escrituração contábil.

Quais são as suas principais vantagens?

Ao adotar o procedimento de escrituração contábil, com certeza, a sua empresa será privilegiada com diversas vantagens. Entra elas, as mais comuns são:

  • Organização dos processos administrativos;
  • Minimização dos problemas com o governo;
  • Segurança nas recuperações judiciais e administrativas;
  • Aperfeiçoamento do poder de tomada de decisão.

Neste post, observamos que a escrituração contábil é uma ferramenta imprescindível a qualquer negócio. Por isso, se você deseja implantar um planejamento financeiro eficiente em sua empresa, faz-se necessário adotá-la.

Se esse conteúdo foi relevante para você e deseja saber mais sobre o assunto, assine a nossa newsletter e não perca nossas atualizações!

Comments

comments

Open chat
Powered by