Entenda a importância dos livros fiscais para a contabilidade do negócio

entenda-a-importancia-dos-livros-fiscais-para-a-contabilidade-do-negocio.jpeg

Entenda a importância dos livros fiscais para a contabilidade do negócio

Para que uma empresa tenha sua contabilidade organizada e em conformidade com a legislação, é muito importante conhecer toda a documentação fiscal. E, para que isso ocorra, contar com os livros fiscais é essencial.

Estar com todos os livros fiscais regularizados, e em dia, auxilia a gestão, além de evitar diversos problemas. Pensando nisso, preparamos este conteúdo para explicar um pouco sobre a função de cada livro e sua importância para a empresa. Acompanhe:

O que são livros fiscais?

Geralmente, esses livros são exigidos pelos órgãos fiscais municipais, estaduais e federal, e por meio deles é possível obter todas informações fiscais da organização. Eles devem seguir uma formatação padronizada, constando:

  • identificação;
  • numeração do livro;
  • encadernação;
  • termos de abertura e encerramento;
  • assinatura do representante da empresa;
  • assinatura de um contador competente.

A obrigatoriedade do livro fiscal na sua empresa vai depender do regime tributário escolhido.

Quais são os livros fiscais mais utilizados?

Para te ajudar, a seguir listamos os principais livros fiscais e as suas aplicabilidades. Veja:

Registro de Entradas

Nele consta todos os documentos referentes à entrada de mercadorias, patrimônios e serviços pela empresa que contribui com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Registro de Saídas

Livro onde consta todos os documentos referentes à saída de mercadorias, patrimônios e serviços pela empresa que contribui com o Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Registro de Inventário

Livro utilizado para os lançamentos de todo o estoque no momento da realização do balanço.

Registro de Recebimento de Impressos Fiscais e Termos de Ocorrências

Livro para registro de Autorização de Impressão de Documentos Fiscais – AIDF, e também utilizado para anotações do Fisco em caso de eventuais fiscalizações.

Registro de Apuração de IPI

Esse é o livro onde são feitos todos os lançamentos das operações de débitos e créditos referentes ao Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI).

Registro de Apuração de ICMS

Neste livro são feitos todos os lançamentos das operações de débitos e créditos referentes ao Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Como é feita a escrituração dos livros fiscais?

Normalmente, a escrituração dos livros fiscais é feita pelos contribuintes, por meio do Sistema Público de Escrituração Digital (SPED). Mas, como já mencionado antes, isso vai depender das características e regime tributário da empresa.

O SPED foi criado para facilitar o envio das informações de modo mais simples e padronizado. Isso facilita muito para o Fisco — já que ele tem um controle mais efetivo e o cruzamento de dados se torna mais seguro — e para os gestores, que podem se beneficiar utilizando dos próprios dados enviados no SPED.

Mas lembre-se: para que você consiga identificar quais são os livros de uso obrigatório na sua empresa e aprimorar a sua gestão, é importante contar com a ajuda de uma consultoria contábil especializada no assunto!

Ela terá a habilidade e os conhecimentos necessários para analisar a sua empresa no geral, de acordo com o perfil do seu negócio e das atividades realizadas.

Deu para perceber como a utilização dos livros fiscais é importante para a contabilidade do seu negócio, certo? Então, agora que você já entende melhor os livros fiscais, continue com sua visita no nosso blog e confira também por que a consultoria contábil é fundamental para sua empresa!

Comments

comments

Open chat